Saudação aos Acadêmicos em Direito – 2012

Cláudio Louzeiro Gonçalves de Oliveira

Discurso proferido por Ocasião da Formatura dos Bacharéis do Curso de Direito da UniEvangélica – 2012

Paraninfo da Turma

CUMPRIMENTOS

AGRADECIMENTOS

SAUDAÇÃO

Bem, nesse momento impar em minha vida, observando a honraria que me é posta não poderia deixar de trazer à vocês ex-academicos, agora bacharéis, e alguns já advogados, algumas singelas palavras.

Num primeiro momento, sempre se exprimem daqui, palavras de otimismo, asseverando que vocês são o futuro do país, dentro de uma sistemática de globalização. Que a realidade profissional dos senhores, demonstrará o novo judiciário, pois daqui, acontecerão advogados, delegados de polícia, agentes de polícia, promotores de justiça, juízes, desembargadores e quiçá, futuros ministros.

Num segundo momento, poderia se dizer, que devem os senhores se pautar pela preocupação com o futuro explicito, com os movimentos desenvolvimentistas, buscando uma melhor condição de vida, com o cuidado ao meio ambiente, aos direitos coletivos. Que se preocupem com o mundo de uma maneira geral.

Ora, todos esses discursos, apesar de serem uma realidade, uma necessidade, uma verdade, acabam virando clichê. Com certeza, tudo o que eu possa falar sobre esses assuntos, amanhã, daqui a uma semana, a um mês, serão esquecidos por vocês, afinal, a vida mantém seu seguimento próprio e cada um de nós temos nossos problemas para resolver.

Assim, deve-se acreditar e viver de forma singela. Precisa-se acordar todos os dias e se preocupar com tudo aquilo que se deve desenvolver, qualidade de vida, trabalho, filhos, família, não necessariamente nessa ordem, e o futuro.

Não adianta, no mundo corrido em que se vive, manter discursos que se perdem, ou que se dispersam com a brisa que consequentemente soprará. Precisa-se manter uma rotina que evidencie a satisfação de cada um de nós. E com vocês, não é, e não será diferente.

Fito o rosto de cada um dos senhores, e vejo um brilho de felicidade, afinal é mais uma etapa que se consagra, se esta saindo do ostracismo profissional, e entrando no seleto clube dos profissionais do direito. E isso, apesar dos milhares de cursos que se proliferam pelo país.

Mas me recordo do mesmo momento, ocorrido a exatos 21(Vinte e um) anos. Naquele dia, a alegria de entregar à minha família o prêmio pelo dever cumprido ao longo de anos de estudos, e a felicidade de me tornar um bacharel, e em direito, suplantou a realidade da vida. Foram momentos memoraveis, que ficaram gravados no meu coração. E o agora, com certeza jamais esquecerão.

Meus queridos alunos, trago para vocês, uma mensagem de encorajamento, mas de constatação de verdade e realidade. Quero que saiam daqui hoje, satisfeitos com o resultado desses 05(Cinco) anos de dedicação. Mas também quero que tenham a consciência do que irão encontrar.

A labuta diária enquanto profissional do direito, irá trazer aos senhores um prazer extremo, mas um cansaço eloquente em seus seres. E não falo do cansaço físico, esse é plenamente aceitável. Mas sim, do cansaço mental, já que suas mentes, diante dos casos que ocorrerão, não conseguirão parar de funcionar. Isso, é uma constante em nossas vidas.

Não desanimem diante das agruras que a vida manterá, isso fará parte da vida de todos sem exceções. Mas como já dizia o poeta “DIANTE DA QUEDA, LEVANTE, SACUDA A POEIRA E SIGA EM FRENTE”. Tenham a certeza, de que a vitória é um momento sublime, e essa vitória se constata expressamente com a vida de cada um.

A preocupação com um mundo melhor, com o futuro do país, com a nova realidade do judiciário, é uma vertente que ultrapassa a realidade. Tudo isso acontecerá independentemente de nossas vontades. É assim que o mundo funciona, é assim que cada dia passa após o outro.

Mas enquanto sujeitos do mundo, vocês devem se orientar, para que a participação de cada um, não seja tão discreta à ponto de não ser notada, e nem tão expressiva à ponto de ser esnobada.

E isso senhores, só se conseguirá sendo vocês mesmos, buscando seus objetivos, se preocupando com seus interesses, mas sobretudo respeitando a seus próximos.

Tudo o que vocês fizerem, que tocarem, que indicarem, tenham a certeza que se transformará em metal precioso. Vocês não precisam de incentivo extra para serem celebridades no mundo jurídico.

Basta apenas, que sejam vocês mesmos.

Que vocês sejam muito felizes em sua trajetória profissional. E sempre que precisarem, esse seu singelo mestre, estará à disposição.

 

Muito obrigado.

CLÁUDIO LOUZEIRO G. DE OLIVEIRA

Related Posts

26 de outubro de 2017

A BANALIZAÇÃO DO PROCESSO

26 de outubro de 2017

UM EXEMPLO DE JUSTIÇA

Leave A Reply